Imagem

Imagem

Eu lhe avisei

  Eu só estou avisando, se você consegui resistir a não ler o que está escrito aqui, então não leia. Não é algo que eu faria se fosse você. Mas, se você é corajoso o bastante para ler isto, siga por conta do próprio risco.



  Todos os dias, principalmente no fim de tarde, eu e meu amigo conversávamos. Ele era muito legal comigo, e eu o adorava.
 Até que em um dia meio estranho demais pra eu, estávamos no MSN, tá... eu já sei que MSN é coisa do passado, mas foi justamente no passado que isso aconteceu.
  Estávamos conversando pela webcam, tudo estava normal até que eu comecei a ver algo estranho no quarto dele, como se estivesse algo se mexendo debaixo da cama, mas eu não disse nada. Sabia que não faria sentido nenhum ter alguém lá. Isso até começar a ver uma sombra de alguém saindo de lá de dentro, tinha os cabelos enormes, nossa.... muito enormes. Era uma mulher, com um rosto muito branco, e pálido demais, ela colocou a cabeça pra fora e pude ver muito bem como ela era tão assustadora, e aquilo era tão estranho que eu olhava paralisada enquanto ela se movia lentamente andando como se fosse uma criança que não soubesse andar. Meu amigo percebeu e perguntou o por que eu estava com aquela cara. Mas eu não conseguia dizer nenhuma palavra. Será que ele não sabia daquilo? até que consegui falar. Mas ele riu, olhou para trás e depois debochou de mim. Disse que não tinha nada lá. Eu disse que havia visto, mas ele disse que estou vendo coisas de terror de mais. Depois de mais alguns minutos, dou uma olhada no horário, e vejo que já estava ficando muito tarde para se estar acordado. Era quase meia noite e eu precisava dormir, mas ele pediu para eu ficar. Então fiquei. Com o passar do tempo, vi uma outra sombra, dessa vez de um machado, eu dei um grito e ele sorriu de mim. Dessa vez eu não aguentei e comecei a chorar. Eu estava sozinha em casa, as luzes apagadas e só o que clareava era a luz do meu PC. Pedi ao meu amigo para ele sair do quarto mas ele não quis. Vi aquela coisa se aproximar do meu amigo, eu dei um grito, pedi pra ele se afastar, ele olhou para trás e aquela coisa sumiu, depois ele olhou para mim, e disse: -Está querendo me assustar?
  Quando ele terminou de falar aquela coisa correu atrás dele, ele olhou cheio de pavor, e correu para tentar abrir a porta de seu quarto, mas estava trancada. Quase rouca eu gritada e soluçava. Estava tremendo com o celular na mão para chamar a policia, ate que em apenas um golpe decapitou o meu amigo cruelmente, meu deus... eu chorava demais, o meu amigo estava sem a cabeça e estava eu desesperada, aquela coisa ainda tava lá, dessa vez olhando para mim pela tela, eu fiquei com muito medo, e comecei a xingar aquela coisa, até que ela desapareceu. Nesse meio tempo eu já tinha perdido toda a racionalidade que tinha em minha mente. Eu fiquei a procurando pelo quarto, mas ela não estava mais lá... Olhei apavorada querendo saber aonde ela havia se metido, até que de repente eu olho para trás. E lá estava ela girando a sua cabeça de uma forma bizarra. Eu tomei um susto enorme, como nunca antes, dei um grito altíssimo e ela se aproximou de mim, pegou pelos meus pulsos e me jogou contra a parede. Eu tentei correr, e ela apenas pegou o machado e golpeou violentamente o meu braço, eu senti uma dor insuportável, não estava mais dentro de mim mesma. Corri, e corri, e ela me perseguia.
 Chorei tanto, mas tanto, eu não suportava mais nenhum pouquinho.
 Eu abrir a porta e sair correndo, entrei no meu carro, e comecei a dirigir com apenas uma mão, e desesperada. Notei algo estranho. O carro já não ia mais pra onde eu o controlava, meu carro estava indo para uma direção errada, se eu ia para esquerda ele ia para a direita, mas logo peguei a manha. Tudo estava indo quase que tranquilamente, tirando a parte de que provavelmente eu estava sendo seguida por alguma espécie de demônio ou algo assim. Ainda na estrada eu vi uma mulher, e sim era aquela mulher, ela estava lá. Parada. E movimentando o pescoço de uma forma horrível, que me deixou cheia de arrepios. Um sentimento horrível tomou conta de mim. Quando à vi quase que bati o carro, mas o que aconteceu foi bem pior que isso, percebi que ela não estava mais parada na estrada, e me aliviei, até que olhei para trás e lá estava ela mais uma vez, mas agora com olhos negros e frios.
  Depois disso, apenas senti a dor insuportável dela me golpeando no pescoço, me decapitando, foi terrível, ainda tive uns 5 minutos de consciência após a minha morte.
 Depois disso, não fui para o inferno, nem ao céu, fiquei presa aqui onde estou agora, um lugar horrível, onde sou obrigada a relatar tudo o que aconteceu naquela noite, várias e várias vezes, para que você, e todos os outros curiosos caiam nesta armadilha. Ela matará todos que tomaram consciência disso, mas não se desespere quando ela lhe perseguir - pois ela irá fazer isso, pode ter certeza - Desligue a web, ou melhor, isso não irá resolver, então... só não ligue a web, nunca de noite às 12 horas ou as 3 da madrugada, pois é nesse horário que ela ganha vida, e vaga a caça de suas vítimas.
     E nunca se esqueça: Eu lhe avisei.

~~Angel

3 comentários:

  1. sem querer te ofender, por que vc tenho um blog sobre isso? sobre essas coisas "diferentes".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tava gostando tanto do seu blog entao vem uma coisa dessas

      Excluir

Uma vez, antes de qualquer coisa, respeite nossa única regra: Sem racismo, machismo, discriminação ou qualquer outro tipo de preconceito ou discurso de ódio.
:) Obrigada pelo comentário, tentarei respondê-lo mais tarde.